Notícias

Busca por regularização profissional no Crea-TO cresce 35% em jan/21 frente a jan/20.

23/02/2021 12h56 - Atualizado em 23/02/2021 13h02

Aparentemente, o nível de confiança da nova gestão tem sido marcante dentre os profissionais da Engenharia, Agronomia e Geociências. São vários números levam a essa conclusão.

Uma nova gestão na Presidência do Crea-TO – Conselho de Engenharia e Agronomia do Tocantins foi iniciada em janeiro. Eleito como o candidato que traria renovação a um Conselho considerado pouco atuante por seus profissionais, Daniel Iglesias aceitou o desafio de modernizar a instituição.

Aparentemente, o nível de confiança de Iglesias, com pouco mais de um mês e meio de sua gestão, tem sido marcante dentre os profissionais da Engenharia, Agronomia e Geociências. Vários números levam a uma percepção de mudança, como o crescimento de seu apoio via mídias sociais, os números recordes da fiscalização etc. Mas talvez o que melhor represente o apoio de seus filiados é o crescimento da procura por regularização, logo no primeiro mês do ano.
Em comparação a janeiro de 2020, o mês de janeiro de 2021 trouxe pouco mais de 35% de profissionais, pagando, negociando ou parcelando suas anuidades. Isso em se tratando de Pessoas Físicas, embora os 17% de aumento de Pessoas Jurídicas também chamaram a atenção.
“Cerca de três meses antes de iniciarmos o mandato, já iniciamos o trabalho com nossa equipe de transição. Foram reuniões, treinamentos, intercâmbios e várias visitas em busca de convênios institucionais. Acredito que os colegas sentiram nossa disposição e estão dando mais um voto de confiança ao Crea”, comentou Iglesias.

Aliado a isso, viu-se também um crescimento médio de mais de 500% no engajamento nas redes sociais de dezembro/20 para janeiro/21. Para o Presidente, “esse indicador é fruto das ações contínuas em prol da categoria, como a reabertura da Inspetoria de Porto Nacional e a criação dos Grupos de Trabalho ligados a energias fotovoltaicas, Agrimensura, Química e Florestal”.


FEMOI - FEDERAÇÃO MUNDIAL DAS ORGANIZAÇÕES DE ENGENHARIA
E a nova cara do Tocantins já foi percebida também juntos ao CP- Colégio de Presidentes dos Crea’s. Iglesias foi eleito representante do CP junto à renomada FMOI, instituição criada pela UNESCO, com sede em Paris, que reúne mais de 30 milhões de Engenheiros em cerca de 100 países.
Enfim, parece não ser por acaso o “surto de crença” rondando o Conselho...